Enviando...

DEZ
23

Você sabia que 70% das contratações são resultados de um bom networking? É o que apontou um estudo elaborado recentemente pela Right Management, consultoria especializada em gestão de talentos e carreira. A pesquisa revelou que manter uma rede de relacionamentos pode fazer a diferença na conquista de novos negócios e na procura por um emprego.

Porém, embora muito se fale sobre o tema, é comum encontrar pessoas que não sabem exatamente como pôr em prática seu network ou como exatamente funciona isso. Não é suficiente apenas marcar encontros e trocar cartões para formar uma boa rede de contatos; é preciso estabelecer relações, compartilhar interesses e informações com outras pessoas e grupos.

Na prática, a maioria das pessoas só se dá conta da importância de sua rede de relacionamento quando mais precisam, seja em um novo emprego ou no fechamento de algum negócio. É nessa escolha de momento que muitos erram: especialistas são unânimes em rejeitar a ideia de pensar em network apenas quando se necessita de ajuda. E, pode ter certeza, há uma grande diferença entre uma relação interesseira e uma relação resultante de interesses.

PONTO DE LARGADA

O primeiro passo para um bom networking é fazer uma lista das pessoas que você conhece e avaliar qual é o seu nível de proximidade com elas, tanto do ponto de vista profissional quanto do pessoal. Lembre-se: é necessário investir tempo para cultivar relações.

Outro fator importante é frequentar novos lugares onde possa conhecer pessoas diferentes. Ir sempre aos mesmos eventos todos os anos vira mesmice e limita o alcance do seu grupo de contatos. Tenha em mente que congressos, palestras e reuniões com clientes não são os únicos lugares para trabalhar seu network. Bons relacionamentos profissionais podem ser construídos em uma mesa de bar, parques e em atividades de lazer.

A tecnologia é também uma grande aliada na hora de gerenciar os contatos. Devido à correria do dia a dia e ao acúmulo de tarefas, redes como Linkedin, Facebook e até mesmo o Whatsapp, são excelentes ferramentas para estabelecer uma troca de informações e interesses. Porém, adicionar contatos sem nenhum critério e se expressar inadequadamente não aumentarão seu poder de relacionamento.

Preparamos um guia com 20 dicas para que você prepare um network vitorioso!

  1. Saiba se expressas e seja claro para garantir que a pessoa esteja recebendo a informação correta;
  2. Planeje antes de fazer o contato e o faça de maneira personalizada;
  3. Cuide-se para ser uma pessoa interessante. Isso inclui ler, ir ao teatro, cinema, estar bem-informado, etc.
  4. Estabeleça um link de relacionamento (um assunto em comum) com o outro contato;
  5. Seja você mesmo e pratique seu network diariamente, de maneira natural.
  6. Compartilhe ideias e convide o interlocutor para opinar sobre elas;
  7. Cuide da história que você está construindo;
  8. Aproveite os momentos em que as coisas caminham bem para desenvolver relacionamentos e cultivá-los;
  9. Reserve um horário para rever aquelas pessoas que você não encontra há algum tempo;
  10. Não é bom procurar seus contatos apenas quando precisa de um favor;
  11. Não fale mal dos outros;
  12. No caso de necessitar de um favor, perceba se a pessoa entendeu suas intenções.
  13. Avalie se o novo contato vai lhe acrescentar algo. Lembre-se de que a relação é de troca;
  14. Tenha à mão seus cartões pessoais;
  15. Trate seu network como uma irmandade em que exista fidelidade e ajuda mútua;
  16. Respeite as regras básicas da ética corporativa: não use seu network para roubar outros contatos, clientes e ideias ou espalhar boatos sobre a concorrência;
  17. Respeite a diversidade humana e compreenda que cada pessoa tem a sua maneira de pensar, agir e falar;
  18. Entenda um pouco de tudo e não se restrinja apenas a sua área profissional;
  19. Tenha em mente quais são as suas habilidades e competências;
  20. Mantenha-se sempre aberto a novos contatos.

Seguindo essas dicas, você estará pronto para extrair resultados positivos com o networking que fez.